Variante de Composição, Direção Coral e Formação Musical e de Direção de Orquestra de Sopros


COMPOSIÇÃO

1) Prova de Criatividade
A prova de criatividade engloba duas componentes. Uma prova escrita e a entrega de um portefólio.

1.1 - Prova escrita
A prova escrita consiste na elaboração de dois exercícios de composição estilística, escolhidos de entre quatro (Renascença, Coral Barroco, Lied Romântico, Sec. XX)

1.2 - Portefólio
No portefólio os candidatos deverão apresentar uma a três composições originais que considerem representativas da sua produção. O portefólio será entregue no início da Prova Escrita

2) Entrevista

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Prova Escrita

  • Domínio técnico e conhecimento do estilo - 60%
  • Controlo da forma - 20%
  • Capacidade para completar o exercício no tempo disponível - 20%

Portefólio

  • Domínio técnico - 25%
  • Controlo da forma - 25%
  • Acabamento e clareza da escrita instrumental - 25%
  • Criatividade/originalidade - 25%

Entrevista
É feita uma avaliação global da entrevista, tendo em conta os seguintes elementos (notados a título indicativo numa grelha de insuficiente, suficiente, bom, muito bom):

  • Cultura Musical
  • Preparação de base
  • Questões relacionadas com a prestação na prova de Técnicas de composição e/ou sobre a Composição Original apresentada

DIREÇÃO CORAL E FORMAÇÃO MUSICAL

1) Prova escrita

  • Reconhecimento auditivo de intervalos e acordes (tipo e estado); análise harmónica auditiva de funções harmónicas e classificação de cadências;
  • Ditado rítmico;
  • Ditado de uma melodia;
  • Ditado de uma obra polifónica (partitura entregue com espaços para preencher).

2) Prova oral
3) Direção de uma peça para coro (partitura disponível nos Serviços Académicos oito dias antes da Prova);
4) Execução de uma peça para piano à escolha do candidato;
5) Interpretação de um canto estudado, preferencialmente com texto e cuidada, do ponto de vista musical (partitura disponível nos Serviços Académicos oito dias antes da Prova);
6) Duas leituras rítmicas (uma em métrica regular e uma em métrica irregular);
7) Duas leituras cantadas à primeira vista (uma melodia tonal e uma série dodecafónica iso-rítmica);
8) Leitura à primeira vista ao piano: acompanhamento simples de uma peça para canto e piano.

NOTA: Os candidatos admitidos às Provas de Conhecimentos Gerais de Música estão dispensados da prova de Formação Auditiva.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

As avaliações da prova escrita e da prova oral correspondem à média aritmética das provas que a constituem. A prova escrita tem um peso de 33% na classificação final e à prova oral correspondem os restantes 67%. Nas provas é feita uma avaliação global das competências auditivas, de execução à 1ª vista e de interpretação de obras estudadas, cantando, tocando ao piano e dirigindo.

Na prova escrita avaliam-se capacidades auditivas e de escrita dos candidatos.

Na prova oral valorizam-se:

  • o rigor e precisão, o controlo de pulsação e/ou de quadratura nas leituras rítmicas;
  • a precisão melódica, a qualidade vocal, a afinação, o fraseado e a interpretação expressiva e estilística no canto estudado e nas leituras à 1ª vista cantadas;
  • a rapidez e a precisão de leitura, estabilidade de andamento na leitura à 1ª vista ao piano;
  • a técnica pianística, a qualidade de som e de interpretação na execução ao piano.

DIREÇÃO DE ORQUESTRA DE SOPROS

1) Prova de Direção
Theodore Gouvy - Petite Suite Gauloise (1º Andamento – Introduction et Menuet) (IMSLP / Universal Edition)

2) Entrevista

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Prova de Técnicas de Direção

  • Capacidade de comunicação com os instrumentistas - 60%;
  • Domínio técnico e estilístico da obra - 20%;
  • Adaptação e resolução de problemas no decorrer da interpretação - 20%.

Entrevista
É feita uma avaliação global da entrevista, tendo em conta os seguintes elementos:

  • Experiência na área da Direção de Orquestra de Sopros;
  • Motivações para a frequência do curso;
  • Questões relacionadas com a prestação na prova de Técnicas de Direção.


Variante de Jazz

Prova prática de instrumento

  • escalas maiores e menores (melódica e harmónica) em todos os tons (bateristas executam rudimentos como descrito abaixo);
  • o candidato escolherá 3 temas de carácter e tempo contrastantes, para executar a solo (melodia e improviso, comping), com play-a-long (Aebersold, band-in-a-box, ou outro), ou com um músico acompanhador (e um só). neste último caso, o candidato é responsável pela pontualidade do seu acompanhador, assim como pelo material necessário para a execução (instrumentos, cabos, etc.), com exceção de piano ou bateria e amps, que estarão disponíveis na sala.
  • prova de leitura à primeira vista (melodia e cifra, com improvisação; para bateristas, estudos rítmicos e/ou peça de big band).

NOTAS:

- todos os candidatos deverão trazer partituras (3 cópias) dos temas escolhidos para execução.
- vocalistas deverão obrigatoriamente escolher pelo menos um tema com letra e outro "instrumental” (sem letra). microfone e amplificador são fornecidos pela ESML.
- bateristas deverão mostrar conhecimentos sobre rudimentos (single stroke, double stroke, paraddidle simples, duplo e triplo), swing (4/4 e 3/4), latino, bossa nova; deverão ainda trazer baquetas e vassouras.
- guitarristas e baixistas deverão trazer os cabos necessários. Amplificadores são fornecidos pela ESML.
- os candidatos deverão trazer os seus play-a-longs (em CD audio ou ipod, leitor mp3)
- os instrumentos lecionados são: voz, saxofone, trompete, trombone, piano, guitarra elétrica, contrabaixo e bateria. Candidatos a outros instrumentos deverão exibir um domínio técnico que o Júri considere suficiente, uma vez que podem vir a ter aula de instrumento com outro instrumentista.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

É realizada uma avaliação global da execução, tendo em conta os seguintes elementos (notados a título indicativo numa grelha de insuficiente, suficiente, bom, muito bom):

  • qualidade de som e afinação;
  • competência técnica (articulação, destreza, etc.);
  • sentido rítmico;
  • noção de forma/harmonia (grau de consciência harmónica no improviso); criatividade/vocabulário; expressividade/musicalidade;
  • leitura à vista.


Variante de Execução

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

1) Prova prática instrumental/vocal:

  • Domínio da Técnica instrumental (35%);
  • Rigor na interpretação do texto musical (35%);
  • Compreensão do estilo (15%);
  • Interpretação musical (15%).

2) Entrevista:

  • Objetivos para frequência do curso (25%);
  • Formação realizada (25%);
  • Justificação das opções do programa apresentado na prova (25%);
  • Atividade instrumental (integração de agrupamentos, concertos, recitais, etc) (25%).

Observações

a) Os júris das provas específicas reservam-se o direito de ouvir os programas apresentados pelos candidatos integral ou parcialmente.
b) Nas provas de aptidão instrumental, os candidatos deverão executar as cadências, sempre que estas façam parte das obras.
c) O acompanhamento ao piano das provas que o exigem será da responsabilidade do candidato.


CANTO

1) Prova de Aptidão Vocal

  • 1 ária de Oratória ou Cantata;
  • 1 "Lied" ou 1 "Mélodie";
  • 1 ária de ópera.

2) Entrevista


CORDAS DEDILHADAS

GUITARRA

1) Prova de Aptidão Instrumental

1.1 - Leitura à primeira vista

1.2  - Prova instrumental

1.2.1 - Peça obrigatória:

- FERNANDO LOPES-GRAÇA | Prelúdio da Partita para Guitarra

1.2.2 - Uma obra à escolha de cada um dos seguintes grupos:

- GRUPO 1

HEITOR VILLA-LOBOS | Um Estudo, dos Doze Estudos para Guitarra

- GRUPO 2

FERNANDO SOR | Estudo nº 1,5,10 ou 11, op.29
GIULIO REGONDI | Estudo nº 1, 6 ou 8 (Ed. Orphée
NAPOLEÓN COSTE | Estudo nº 4 ou 12 (Ed. Schott's)
MAURO GIULIANI | Estudo nº 14 op. 51, nº 18 op. 48 ou nº 5 op. 111

- GRUPO 3

EMILIO PUJOL | Abejorro, Impromptus.
ABEL CARLEVARO | Campo, Tamboriles.
JOAQUIM RODRIGO | En los trigales,
JOAQUIM TURINA | Ráfaga, Garrotin (de Garrotin y Soleares)
MANUEL PONCE | Canción, da Sonata III
RICHARD RODNEY BENNETT | Um Impromptu, dos Five Impromptus
LEO BROUWER | Canticum, um dos Tres Apuntes
JOHANN KASPAR MERTZ | op. 13 nº1.

Observação: Relativamente aos Grupos 2 e 3, o candidato poderá, em alternativa, apresentar obras do mesmo período e de grau de dificuldade semelhante.

2) Entrevista

HARPA

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Um Estudo de Bach-Grandjany (com repetições), Etudes Dor Harp, ed. Carl Fischer ou Um Primeiro Andamento de uma das Sonatas de Naderman, Sept Sonates Progressives, op.92, ed. Lyra Music;
  • Uma obra contrastante (o nível de dificuldade e importância no repertório solo do instrumento será tido em conta na avaliação do júri);
  • Uma leitura à primeira vista.

2) Entrevista


ARCOS

CONTRABAIXO

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Um Estudo;
  • 2 andamentos de uma Sonata ou de um Concerto.

2) Entrevista

VIOLA DE ARCO

1) Prova de Aptidão Instrumental

a) Um Estudo à escolha do candidato de entre os seguintes ou de dificuldade igual ou superior:

- DONT | Op. 37
- J. PALASCKO | op. 36
- KREUTZER | 42 Estudos
- HOFFEMEISTER |12 Estudos
- M. VIEUX | “10 Études Nouvelles”

b) J.S.BACH | Um andamento das suites para violoncelo ou das sonatas para violino solo (transc. para viola)
c) 1º andamento de um dos seguintes concertos ou de dificuldade igual ou superior:

- G. F. HÄNDEL | Concerto em si menor
- J.C. BACH | Concerto em dó menor
- K. STAMITZ | Concerto em Ré Maior
- F. A. HOFFMEISTER | Concerto em Ré Maior
- JOSEPH SCHUBERT | Concerto em Dó Maior

2) Entrevista

VIOLINO

1) Prova de Aptidão Instrumental

a) Um Estudo à escolha do candidato de entre os seguintes ou de dificuldade igual ou superior:

- KREUTZER
- DONT
- PAGANINI

b) J. S. BACH | 1 andamento de uma Sonata ou Partita para violino solo
c) 1 andamento à escolha de um Concerto a partir do período clássico.

2) Entrevista

VIOLONCELO

1) Prova de Aptidão Instrumental

a) 1 Estudo à escolha entre os de:

- POPPER | Op. 76
- POPPER | 40 estudos op. 73
- DOTZAUER | Livro nº 3
- DUPORT | 21 estudos
- GRUTZMACHER | Estudos op. 38 (1º livro)

b) J. S. BACH | 1 andamento à escolha entre as três primeiras suites para violoncelo solo.
c) 1º andamento à escolha entre os seguintes concertos:

- BOCHERINNI | Concerto nº 3 em Sol Maior
- HAYDN | Concerto em Dó Maior
- SAINT-SAENS | Concerto em Lá menor
- KLENGEL | Concerto nº 3, op. 31 Pièce de Concert
- KLUGHART | Concerto em Lá menor, op. 59
- LALO | Concerto em Ré menor
- GOLTERMANN | Concerto em Sol Maior, op. 65

2) Entrevista


SOPROS E PERCUSSÃO

CLARINETE

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Peça Obrigatória: 3 Peças para Clarinete solo de Igor Stravinsky;
  • 1 obra (ou parte de obra) à escolha do candidato com cerca de 7 m, obrigatoriamente com acompanhamento de Piano;
  • Leitura à 1ª vista.

2) Entrevista

FAGOTE

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Estudos de concerto opus 26 (1 estudo à escolha), L. Milde;
  • Estudos sobre escalas e arpejos opus 24 (1 estudo à escolha), L. Milde;
  • Uma peça à escolha do candidato.

2) Entrevista

FLAUTA

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • MOZART | Concerto nº 1, K 313, em Sol Maior - 1º andamento (Allegro) até letra D (compasso 149) e 2º andamento (Adagio) até letra G (compasso 27)
  • uma, ou parte de uma obra à escolha do candidato c/ duração máxima de 5 min;
  • MATHIEU ANDRÉ REICHERT | “Tägliche Übungen” - 1ª página de escalas (Dó Maior até Sib Maior inclusive)

2) Entrevista

OBOÉ

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • 48 estudos de F. Ferling, 2 estudos à escolha do candidato, 1 rápido e um lento;
  • 1 obra à escolha do candidato;
  • Leitura à 1ª vista.

2) Entrevista

SAXOFONE

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Um Estudo à escolha do candidato do livro: VINGT-HUIT ÉTUDES (sur les modes à transpositions limitées d’Olivier Messiaen) de Guy LACOUR, ed. Billaudot;
  • Um Estudo à escolha do candidato do livro: NOUVELLES ÉTUDES VARIÉES de Jean-Marie LONDEIX, ed. Leduc;
  • Uma obra, ou partes de obras, à escolha do candidato com uma duração máxima de 10 minutos.

2) Entrevista

TROMPA

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • MOZART | Concerto nº 3;
  • 1 obra do séc. XX à escolha do candidato;
  • Leitura à 1ª vista.

2) Entrevista

TROMPETE

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • E. BOZZA | Rustiques ou ARUTJUJAN | Concerto
  • Uma obra à escolha do candidato;
  • Leitura à 1ª vista.

2) Entrevista

TROMBONE

1) Prova de Aptidão Instrumental

Trombone Tenor

a) E. Bozza | Ballade, ou Carl Maria Von Weber | Romance;
b) Uma obra a solo.

Trombone Baixo

a) Alexandre Lebedev | Concerto in one Movement ou Frigyes Hidas | Meditation
b) Uma obra contrastante com a da alínea a) à escolha do candidato;

2) Entrevista

TUBA

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Concerto for bass tuba de R. V. WILLIAMS (I e II and) ou - Variations in old Style de THOMAS STEVENS;
  • Uma obra à escolha do candidato;
  • Leitura à 1ª vista.

2) Entrevista

EUFÓNIO

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Pantomime de PHILIP SPARK ou - Fantasia de GORDON JACOB;
  • Uma obra à escolha do candidato.

2) Entrevista

PERCUSSÃO

1) Prova de Aptidão instrumental

a) Tímpanos:

- Demonstrar capacidade auditiva para cantar e afinar os tímpanos.
- Um estudo à escolha (Goodman, Delecluse, Peters, Hochrainer, Krüger ou semelhante).

b) Caixa:

- Estudo à escolha (Delécluse, Cirone, Peters, Wilcoxon ou semelhante).
- Leitura à primeira vista.

c) Lâminas:

- Marimba: Estudo para quatro baquetas (Musser, Stout, Burritt, Quartier ou semelhante).
- Vibrafone: Estudo 8 e Estudo 18, Friedman “Vibraphone Technique: - Dampening and Pedaling”.
- Xilofone: Leitura à primeira vista (duas baquetas).
- Todas as escalas maiores e menores.

d) Percussão Orquestral:

- Excertos de orquestra:
- Pedro e o Lobo, Prokofiev (caixa: do 49 até ao 51)
- Sinfonia Nº 4, Tchaikovsky (pratos: final)
- “Porgy and Bess”, Gershwin (xilofone: início)
- Abertura Carnaval – Dvorak (pandeiro: início até letra C)
- Leitura à primeira vista (pratos, pandeiro, bombo, etc).

2) Entrevista


MÚSICA ANTIGA

CRAVO

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Execução de um programa de 15 minutos de música dos Séc. XVI a XVIII, que inclua pelo menos duas peças de estilos contrastantes.

2) Entrevista

FLAUTA DE BISEL

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • 1 Estudo de F. BRUGGEN ou um Capricho de QUANTZ;
  • Dois andamentos contrastantes de uma Sonata de TELEMANN;
  • 1 peça à escolha do candidato;
  • Leitura à 1ª vista de um trecho curto.

2) Entrevista

OBOÉ BARROCO

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Dois andamentos contrastantes duma Sonata barroca;
  • Um solo duma Ária de Bach.

NOTA: A prova poderá ser realizada em instrumento moderno

2) Entrevista

TRAVERSO

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Dois andamentos contrastantes duma Sonata Barroca;
  • Um capricho de Quantz ou uma Fantasia de Teleman.

NOTA: A prova poderá ser realizada em instrumento moderno

2) Entrevista


ÓRGÃO

1) Prova de Aptidão Instrumental

  • Uma obra dos Séc. XVI, XVII ou XVIII, Ibérica, Italiana ou Francesa;
  • J.S.Bach: Um Prelúdio e/ou Fuga;
  • Uma obra da época romântica ou do séc. XX;
  • Harmonização de um coral ou de qualquer outra melodia, ou uma Improvisação livre (Para a realização desta prova será dado um tempo de preparação de 10 minutos);
  • Leitura à 1ª Vista

2) Entrevista


PIANO

1) Prova de Aptidão Instrumental

a) Dois estudos de virtuosidade
b. J. S. BACH | 1 Prelúdio e Fuga de "O Cravo Bem Temperado"
c) Uma Sonata de um dos seguintes autores:

- HAYDN
- MOZART
- BEETHOVEN

d) Mendelssohn | Canção sem palavras op. 19 nº 3
e) Leitura à 1ª vista

IMPORTANTE: Todas as obras deverão ser executadas de memória

2) Entrevista