Nascido em Lisboa, Filipe Melo optou pelo piano aos 15 anos, ficando desde cedo interessado no jazz e na improvisação. Desde então, a sua vida é dedicada à música e ao cinema, tendo tocado com a maioria dos músicos de jazz portugueses.


Estudou no Hotclube de Portugal e no Berklee College of Music em Boston. Foi vencedor do prémio Villas-Boas e do prémio revelação do site JazzPortugal.  É também professor e arranjador, tendo trabalhado ou tocado com músicos e grupos como Peter Bernstein, Camané, Carlos do Carmo, GNR, Donald Harrison Jr., Jesse Davis, Sheila Jordan, Paulinho Braga, Swingle Singers, Martin Taylor, Perico Sambeat, Herb Geller, Orquestra de Jazz do Hotclube, Orquestra Metropolitana, entre muitos outros. Conta com mais de 12 discos gravados, entre trabalhos como líder e colaborações.
Ensina Piano e Harmonia na Universidade de Évora, na Universidade Lusíada e na Escola Superior de Música de Lisboa, mantendo a agenda ocupada a tocar com diferentes grupos e a preparar novos projectos em várias àreas.