Faleceu Antoine Sibertin-Blanc

Faleceu Antoine Sibertin-Blanc, antigo professor da Escola Superior de Música de Lisboa.
A Escola Superior de Música de Lisboa manifesta o mais profundo pesar pesar pelo seu desaparecimento.

Nascido em Paris em 1930, Antoine Sibertin-Blanc veio a fixar-se em Lisboa em 1961, onde permaneceu durante o resto da sua vida, notabilizando-se como organista, improvisador, docente e divulgador da cultura organística. Ao longo da sua carreira docente no Instituto Gregoriano de Lisboa (originalmente Centro de Estudos Gregorianos) e na Escola Superior de Música de Lisboa (onde leccionou até à sua aposentação) formou dezenas de organistas, muitos dos quais vieram a atingir posições de relevo nacional na prática e no ensino daquele instrumento. Ocupou durante meio século o lugar de organista titular da Sé Patriarcal de Lisboa e desenvolveu uma intensa carreira de intérprete, muitas vezes dedicada à difusão dos tesouros da música portuguesa para órgão.

O percurso de Antoine Sibertin-Blanc em Portugal confunde-se com o do ressurgimento da cultura organística no nosso País. No início do século XXI, a maioria dos organistas activos em Portugal beneficiou, directa ou indirectamente, da sua influência. O sucesso actual da classe de órgão da Escola Superior de Música de Lisboa (cujo coordenador é também um antigo aluno de Sibertin-Blanc) é a mais significativa homenagem que esta instituição pode prestar àquela que foi, indiscutivelmente, a mais importante figura da música organística em Portugal nos últimos cinquenta anos.

A Direcção apresenta à sua família os mais sentidos pêsames.

Actividades e Notícias

Investigação

cesem polo2